Sádico?

Chicotes que rasgam a carne
algemas que aprisionam
lâminas que retalham
chamas que ardem
 teu sadismo nao me assusta
me amedronto a mim mesma
 a dor é solidária
os desafios são meus
 a permissividade é minha
como a dor tambem
 o olhar de um sadico chama
 mas sou eu que me arrebato.

 

ana.mmk

2 Responses to “Sádico?”

  1. Morpheus S. Says:

    Tu és a fêmea livre e disperta para soltar as asas e não temer desafios. Atira-te no mergulho e sem medo de ti. A acolher-te quero estar e deixar que vivas sua dor, mas que seja intensa comigo eu/vc. Abro-te a porta e convido a entrar. Vem com passos firmes que o condutor te espera… Arraiga-te com tudo do permissivo… Deprava-se e vive. Eu quero tua companhia de fêmea aldaz que não teme sentir junto a mim. Aquela que olha na minha retina e senti o compasso dos nossos pulsos em unidade…
    Arrebata-te para ti e lança-te para mim e comigo… Navegemos juntos nesse mar.

    Beijos para vc Ana

    De Morpheus S.

  2. pênya Says:

    uhummm

    palavras belas..

    Q-nao sejam ao vento
    que deem frutos

    “mas se nao der valeu as sementes”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: