Qualquer lugar

 

 

Vou emprestar meu corpo pra você pra mim

E que possa me ver através de você

E são seus olhos que me guiam nesses dias

E seu calor é todo sangue em minhas veias

Eu quis parar o sol ao meio dia

E dar um mundo pra você

Vou emprestar meu corpo e o cobertor

Me aquecendo sempre através de você

E são seus olhos que me guiam nesses dias

E seu calor é todo sangue em minhas veias

Eu vi o sol parando ao meio dia

A gente sabe tudo pode acontecer

Pode ser sol e lua

A natureza muda, se você quiser

A minha casa é sua, eu vivo pela rua

Posso te encontrar

Vou emprestar meu corpo e o cobertor

Me aquecendo sempre através de você

E são seus olhos que me guiam nesses dias

E seu calor é todo sangue em minhas veias

Eu vi o sol parando ao meio dia

A gente sabe tudo pode acontecer

Pode ser sol e lua

A natureza muda se você quiser

A minha casa é sua eu vivo pela rua

Posso te encontrar

O medo é sombra pura

 (…)

Em menos de um segundo

Descemos do mundo pra qualquer lugar

 

Lo  Borges

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: