Dominação Feminina

 

 

Esse  assunto  eu pouco  conheço,  so  de  observar  e  ler  algo  aqui ou  ali.Mas  ouso falar  alguma  coisa  sobre o  que observo.

Parece “natural”  que  dominantes  sejam  homens  e  “submissas”  mulheres,  isto  está  em  nosso  velho  cérebro,  ainda  na  época  em que  homens  caçavam e  mulheres  coletavam, homens  eram  fortes e  ganhavam  suas parceiras por  sua  visivel  capacidade  em poder mante-las. As  escolhas eram  muito mais   marcadas  pela possibilidade  de  gerar filhos  saudaveis  e capazes  de  serem mantidos, e  o  prazer  tao  humano, uma possibilidade  de   fazer  fluir  um potencial  maior  de  diversidade  genetica. Isso  dizem os psicologos  evolucionistas  e discute-se  hoje, nas   ciencias  sociais em que  partia-se da premissa  de que  somos seres unicamente  culturais.Mas  essa é  outra   discussão.

A  humanidade  em  constante  evolução  ja tem  soluções  a  procriação  e juventude,  seios  fartos e  quadris largos  podem  mandar  mensagens  ao  cerebro de uma  boa  reprodutora mas  ainda  assim os   comportamentos vao  se   distanciando ,talvez  nao  tanto quanto  gostariamos, de  um modelo mais  biológico. Enfim,  essa   discussão é  ampla  e nao é  nela  que  quero  ficar. Também  nao   considerando  os  novos papeis  que  enquanto  mulheres  assumimos  socialmente  nem as  premissas   feministas.

A  dominação  masculina é  cultural e  biologicamente  explicada, a  dominação feminina  vem de  outra  natureza. E  falando  de  BDSM, de outra  mesmo. Aqui  falamos  de pulsoes,  desejos,  negações  que  conduzem  a   erotização  do  poder. E  mulheres anseiam  tambem por  poder  erotico, pelo  dominio  do parceiro  e em  exercitar  seu  sadismo,  da  forma  que  lhe  convier ou melhor , no  SSC.

O  que  eu pessoalmente  percebo, no  entanto, é  que  embora se  diga  que  a  dominação é  diferenciada  da  masculina, posso  estar errada  mas  nao percebo porque  caminhos  ela se  diferencia. Ha  D\s, há sadismo/masoquismo, ha  prazer. Mulheres   trazem  sutilezas  ao que  fazem  e   esse pode  ser  um  diferencial.

No  entanto, ainda  assim os caminhos  das práticas  e do  relacionamento parecem nao  diferir  muito  do  padrão   de  relacionamento  masculino. E  considerando  que  em  BDSM  há  de haver  deslocamento  de poder  e o poder  se  revela   atraves  da posse  e  do possuir ( o corpo) podemo s  ter  uma  talvez  “falsa”  semelhança.

De  certa  forma ,me parece,  que  as  mulheres  ao  dominarem no  BDSM,  reificam  um modelo masculino  e  reificam o poder  do  falo  atraves  da pratica mais  comum: a  inversão. Ela possui e o  homem é  possuido ( no  caso de  um  casal  hetero ). É  um ponto  de  vista  que   gostaria  de  discutir. Porque na  minha  percepção,  a  dominação  feminina  poderia  se  dar  através  da  consolidação  do   poder  do  feminino,  de  seu órgão e  pela  linguagem  milenar  das  mulheres:  a  sedução.

O   desejo  de dominar,  de  humilhar,  de  “domesticar”  o  macho é perceptível,  so  que, esse  “macho”  dominado, por  sua   vez, assume  papéis  de  “não  macho” . Não digo  em momento  algum  que  nao  sejam  viris  ou  que  sejam  afeminados  ou  momentaneamente  feminilizados, nao   discuto isso. Mas  na  minha  forma  de  ver, D\s  e sadismo/masoquismo têm  nuances  muito sutis  em  se  tratando  de  homens  e  mulheres.

Essa é  minha  maneira  de  ver  e  contribuições  a  uma  melhor  entendimento, são  necessárias e mais  que  bem  vindas.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: