Archive for December, 2008

Tempo

December 29, 2008

Um ano vai e outro vem. Esse evento acontece anualmente, como a lua que vai e o sol que vem, acontece diariamente.
È o tempo que pensamos linear, mas pode ser ciclico, um tempo esferico, sem começo nem fim, apenas renovaçoes.sol-lua_polosul_montagem

A diferença do detalhe

December 2, 2008

 

6

Em  minha  nao   vasta   experiencia   SM,  percebi  uma   coisa. A  importancia   dos   detalhes,  prestar  a   atenção  neles é  um  verdadeir pulo do   gato  porque   faz   toda  diferença.  È  gratificante  como   sub,  quando  vemos  que  nossa  especificidades   são  alvo  de  atenção,  de analise. Nada  pior   do  que  saber  que  um  Dom quer  uma   sub e   vc  pode   ser    qualquer  uma  das  8 com  quem ele  conversa,  porque  é  obvio  que  a  especificidade   nao   esta   sendo bem  analisada  ou  esta   sendo  comparada.  Ha  em   cada  uma   de  nos,  algo  incomparavel,afinal  cada   pessoa  é  unica.  È  o  sentir-se  unica,  (  nao   exclusiva  )   que   faz   diferença. Que  a  escolha  nao   seja  um  concurso  publico  mas   pq   houve  algum  tipo  de   encontro,mesmo  que  esbarre em  barreiras  como tempo ,  distancia   etc.

Aprendi  pouco  mas  uma  coisa  nao   esqueço:  observe,nao  importa  de  que lado  do  chicote    esteja,  os   detalhes. Um  comentario   despretensioso   aqui  pode  ser  util  adiante,para  quem  domina  e  para quem é   dominado.

Trabalho,  investimento é  algo  que  mesmo  sendo  Top, muitos  nao  tem  noção  do   diferencial  que   faz.  Se   for  liturgico,  a preparação  de  uma  sessão, é  um  diferencial marcante.  Marca  a  saida   de  um  mundo  cotidiano  para a  entrada  em  um  mundo  quase  cinematrografico  e  nao precisa muito,  so pequenos   trabalhos  e pequenas   despesas,  mas o   resultado   vale  ouro.  Um  ambiente preparado  vale  muito  mais  do  que  se  imagina. Pequenos   gestos  e  palavras   tambem,  porque o  interessante é   fazer o  que poucos   fazem,  se   dedicar  ,pouco  tempo  que  seja,  e   no  espirito  que   deve  reger  a  vida  como  um  todo,  ja  que  vai   fazer  alguma  coisa  que  faça  com  alma,  com  vontade  de   surpreender,   de  superar-se.

Escrevo   isso  porque  pensando,  vejo  o  tao  trivial  q  sao algumas   sessoes, nao  desmerecendo   estilos,  mas bottoms   e  Tops,  tem   experiencias   unicas  e  um  gesto pode   ser o  elemento   basico de  liga   de  uma  relação  de  qualidade.

Qual  de  nos  nao  passou  por    ares  blasé, que  as menos   experientes  entendem  como   desinteresse.

ta  tarde  e  estou   escrevendo   isso  porque  me  ocorreu, a   atenção no  outro  mesmo  que  nao  aparente, é  necessaria,  porque  so  o compreendendo   é possivel alcançar a  plenitude  de  sua  submissão  e  potencializar  o  poder  de  um  Top.

Isso  diferencia um  mar  de  doms   e   subs,  cria   o  adjetivo  ,  o  pronome  maiusculo  antes  mesmo   de  entregas   e    contratos.

ana.mmk

Ps:acho  q   desejo  que  minha  especificidade   seja   vista, pq   as   vezes   joguinhos  com a   sub   A  nao  se  aplicam a  B.

Submissas jovens e prazos de validade

December 1, 2008

 faelu84p

Com o tempo a gente começa a entender certas coisas. Desde que comecei a freqüentar o meio, sempre li que a idade não importa e muito debati, assim como outras subs, quando alguem se posicionou favoravelmente a preferência dos Doms por submissas jovens e ao “triste fim das subs de 40 “. Ainda ouvi muito que mulheres mais velhas são interessantíssimas , mas que por coincidência a sub do Dom que falava era bem mais jovem que ele, mas não passava de uma casualidade. Até o dia que petulantemente,confesso, disse: “o Sr é a décima quarta vítima desta coincidência”.

 

Hoje, pensando sobre isso, acho que não, não é casualidade , nem coincidência e sim uma preferência lógica que poucos assumem ter. As jovens submissas são atraentes não só pela beleza da idade, das formas mas sobretudo porque aqui pensa-se as mentes como tábulas rasas. Se há o encanto em transformar baunilhas em masocas ou submissas, assim como há o desejo compulsivo de inciar alguém, as jovens são essa congruência de desejos. Nada como um Dominador sentir-se disvirginando a vida SM de uma jovem que inquieta, ainda com seus desejos, lhe mostra o quão especial tudo isso é, o ar de aprendiz, as expressões quase colegiais de quem busca um Mestre, um professor. O deslumbramento que só se tem no começo de uma vida, mesmo uma vida SM.

 

Diz a psicologia evolutiva que nossos cérebros foram formados numa escala cosmogônica, nos últimos cinco minutos do mundo e ainda a estamos transformando. Homens tem cérebro de caçadores e buscam mulheres, jovens, cuja saúde manifesta-se por seios fartos e quadris generosos significando boas reprodutoras. As mulheres por sua vez, tem cérebro de coletoras e ancestralmente buscam por homens que tenham boas aptidões para garantir-lhes a subsistência. O prazer, que só os humanos tem, é um elemento para propiciar a variabilidade genética de um grupo.

Considerando que o mundo BDSM é um mundo voltado à tradição dos papéis homem/mulher e à ancestralidade dos desejos ainda impressos em nossos cérebros apesar da modernidade de nosso dia-a-dia, a busca por fêmeas jovens, ainda que não com o intuito reprodutivo, continua fazendo sentido. Culpa do cérebro masculino, nada pessoal. Mas não falo de sadismos nem masoquismo, falo da busca por Dominaçao\submissão.Só.

 

Nesse contexto, concordo com o que discordei tempos atrás, submissas tem prazo de validade como de certa forma mulheres tem. Só que para além do conteúdo e das certezas que uma mulher mais madura pode ter e pode ser um atrativo no mundo baunilha, aqui ele volta-se contra ela. Porque é a inocência, a ingenuidade, a descoberta do mundo que encanta Dominadores e o prazer inenarrável de participar dessa historia de vida que se inicia num corpo ainda virgem também, das marcas do tempo. E além disso, a posição de mentor, mestre, iniciador, de transmitir “conhecimentos” e apresentar novos prazeres à jovens que poderiam estar indo sistematicamente para night, transando com seus namorados , ficando com alguns outros amigos e outras liberdades que algumas valorizam muito na juventude. Mas a idéia de uma jovem quase pura que torna-se cadela pela primeira vez, que realiza desejos mais facilmente até porque muitas desconhecem os seus e vivem o descobrir-se, é de fato, um apelo enorme e , concorrência difícil, às subs mais velhas supostamente mais experientes, teoricamente mais decididas e conhecedoras de si próprias, o que não é regra, mas é em geral, uma das coisas que aprende-se com os anos. Mas creio que essa é a fantasia de muitos, pode acontecer de não ser bem assim, aliás nada é bem assim, estou so tentando reunir idéias.

Por outro lado, vemos a cada dia mais mulheres jovens descobrindo-se “submissas”, buscando a iniciação a ponto de colocarem como mensagens em seus msn:quero ser iniciada. Como uma senha mágica que lhes facultará o ingresso no mundo da perversão. Mas suponho eu, que não seja bem o mundo que procuram, seguindo a logica que ate então segui, parece plausível pensar q ue jovens buscam em D\s com homens mais maduros a segurança, a orientação, o encantamento que é natural por parte deles, como uma forma extensiva de viver sob proteção até dos pais, ou talvez, que nunca tenham tido por parte deles.Mas há, claro, as que buscam só prazer , como disse, nada é bem assim, mas aqui so uma generalização , um exercício de pensar alto.

 

Mas , no fim das contas, o que restam as subs mais velhas? Que encanto elas podem ter? Talvez só a pressumida segurança que darão menos trabalho. Como meninas mais velhas, podem ouvir: “Voce já é burra velha, cuide-se.” O  que  nao   esta   errado, mas se  uma  das  maiores   fantasias de  um Dom é  justamente  “cuidar” dessa  atmosfera  e  momento inicial? Só  pensando  alto,  como   disse.

ana.mmk 

 

 

SM…..MS

December 1, 2008

 

la_femme_fatale

SM  é  sigla

burocratica

limitada  pra   definir

identidade,  modo   de  vida

tesao,  perversao

liberdades  libertinas

prisoes  devassas

lascivas  entregas

Mas   como  toda   sigla  é reducionista

  quero  tudo,  o  S  do sabor,  do sexo, 

da  superação,  da   sedução,  da   submissão,

do   sadismo

Quero  o  M  de  masoquismo,   de  muito,  de mito

de  misterio,   de  movimento,  de macho

de  melhor,   de  maximo, de  mudança

Eu  quero  muito

Eu  quero   tudo.

Sem  Medo.

Com  S  e  com  M  maiusculos.

 

ana.mmk

Coleção de conchas

December 1, 2008

b1337la-mer-iii-posters

Essa  noite  catei   conchas

reuni  minha  coleção

das  tantas   vezes  que  procurei

abrigo  nelas contra  a  furia  do  mar

dos  ventos  e  do   vai  e  vem  das  ondas

ana.mmk

abrigos   seguros  e fortes

onde  neles  me  encontro

 

ig2412l-oreille-de-la-mer-posters

 coquillage_02

 

magnet_mer_bk_magnet_mer06